Corinthians tenta encerrar seu maior jejum em clássicos na era Tite

Em três passagens e 319 jogos pelo Corinthians, o técnico Tite nunca ficou tanto tempo sem vencer clássicos quanto neste atual momento. Às vésperas do jogo contra o São Paulo, domingo, no Morumbi, o comandante multicampeão pelo Timão tenta evitar seu sexto duelo estadual seguido sem vitórias.

rib9295O Corinthians de Tite não venceu nos últimos cinco clássicos – são dois empates e três derrotas para Palmeiras, São Paulo e Santos. A última vitória sobre rivais foi exatamente no Morumbi: dia 8 de março, pelo Paulistão, sobre o Tricolor. Danilo fez o gol do triunfo por 1 a 0.

Na primeira passagem de Tite, entre 2004 e 2005, o Timão viveu jejum de quatro duelos estaduais ao empatar com Santos e São Paulo, pelo Brasileiro de 2004, e perder para os mesmos rivais no Paulistão do ano seguinte – a derrota por 1 a 0 para os tricolores, inclusive, decretou a demissão do comandante na época.

O elenco prefere não olhar os números e pensa apenas em vencer o São Paulo para continuar na caça ao Atlético-MG, atual líder do Campeonato Brasileiro.

– Nunca é bom ficar sem vencer. Perder clássico é difícil, pois a cobrança é maior. Tem de continuar trabalhando para que a gente consiga fazer um grande jogo. É o nosso principal objetivo – afirmou o lateral-direito Fagner.

No total, são 52 clássicos do Corinthians sob o comando de Tite: 18 vitórias, 20 empates e 14 derrotas. O técnico admite gostar desse tipo de duelo, que considera um “campeonato à parte”.

Apesar do jejum recente, Tite chegou a ficar 16 jogos seguidos sem derrotas em clássicos. A série foi quebrada no revés por 2 a 0 para o São Paulo, pela Taça Libertadores, no Morumbi.

Com 33 pontos, o Corinthians está a dois do Atlético-MG, atual líder da competição. O time perdeu os dois clássicos que disputou no Campeonato Brasileiro: 2 a 0 para o Palmeiras, em Itaquera, e 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro.

http://globoesporte.globo.com/

Algum comentário?