CRÔNICAS DE UM INCÊNDIO FLORESTAL

“No combate ao incêndio aqui no Pantanal a gente quase desmaia, a fumaça e o calor quase te derruba, você enfrenta, quando acha que não dá mais então olha o colega ao lado e lembra que ele precisa que você continue.
A sede te consome e você dá um gole de água querendo beber a garrafa inteira e luta ao extremo contra a vontade de dar mais um gole, pois se der o seu colega vai ficar sem, você vai beber o restinho da água e mesmo assim divide, se não houver companheirismo sucumbiremos.
Um protege e ajuda o outro, vê os olhos semicerrados e vermelho da cor do fogo, cansaço, fumaça , honra e glória, o coturno com parte da sola derretida se torna seu troféu , e quando vencemos o incêndio comemoramos com euforia, gritos e urros de vitória, e então seguimos para outro grande foco”.

Escrito pelo Sargento BM Machado, lotado no 13º SGBM/Ind em Maracajú que atua na Operação Pantanal em combate aos incêndios florestais.

Imagem ilustrativa – VISÃO POPULAR

Algum comentário?