DENÚNCIA: Grupo quer impugnar eleição do Conselho Tutelar em Dourados

Um grupo de candidatos não eleitos quer impugnar a eleição para conselheiros tutelares realizada no domingo (6) em Dourados. O motivo seria a constatação de uma série de irregularidades, dentre as quais o transporte ilegal de eleitores, feito por participante da disputa, e até apresentação de documento falsificado.

Ao Dourados News, Maria de Lourdes da Silva Paiva informou nesta terça-feira (8) que o pedido de impugnação deve ser formalizado durante a tarde. Além disso, o grupo pretender pedir apoio ao MPE-MS (Ministério Público Estadual).

“Em 13 cidades pediram impugnação por coisas menores do que aconteceram em Dourados”, afirma.     “Em Curitiba e no Rio de Janeiro, por menos, foi impugnado e se não fizermos assim nada muda. É uma coisa muito séria, mexer com sentimento de crianças, das famílias, achar que é tudo politicagem”, disparou.

Segundo ela, 10 pessoas integram o grupo que pede a impugnação da eleição realizada no domingo, quando 6465 douradenses foram à Escola Estadual Castro Alves para escolher os 10 candidatos que ocuparão as vagas titulares. As votações iniciaram às 8h e os portões foram fechados às 17h.

Foram eleitos: Saraiva [522 votos], Alice Rocha [465 votos], Naza [401 votos], Dani Psicóloga [336 votos], Vanilza [322 votos], Fátima Medeiros [315 votos], Benoni [302 votos], Janine [276 votos], Professora Viviane [267 votos] e Thiago Aquino [258 votos].

Por André Bento

Foto VINÍCIOS ARAÚJO

DOURADOS NEWS 

Algum comentário?