Independiente é campeão da Sul-Americana em cima do Flamengo e cala o Maracanã

Mais uma vez, o Independiente calou o Maracanã. Como aconteceu em 1998, o time argentino saiu vencedor no duelo com o Flamengo. O empate por 1 a 1, no jogo desta quarta-feira, garantiu ao “Rei de Copas” o bicampeonato da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, em Buenos Aires, a equipe portenha havia vencido por 2 a 1. Os gols foram marcados por Lucas Paquetá para o Flamengo e Barco, de pênalti, para o Independiente, ambos no primeiro tempo.

O resultado acabou espelhando o que aconteceu em campo. O Flamengo foi melhor no primeiro tempo, mas não soube transformar em gol as chances criadas. No segundo tempo, o time argentino foi mais organizado e criou as melhores oportunidades de gol diante de um Flamengo nervoso e que cometeu muitos erros.

FLAMENGO 1 x 1 INDEPENDIENTE-ARG

Flamengo
César; Pará, Juan, Réver e Miguel Trauco (Vinicius Júnior); Gustavo Cuéllar (Éverton Ribeiro), Willian Arão, Diego e Everton; Lucas Paquetá (Lincoln) e Felipe Vizeu
Técnico: Reinaldo Rueda

Independiente
Campaña; Bustos(Gaston Silva), Alan Franco, Amorebieta e Tagliafico; Diego Rodríguez e Max Meza (Sanchez Mino); Ezequiel Barco, Benitez (Albertengo) e Gigliotti
Técnico: Ariel Holan

Gols: Lucas Paquetá, aos 30 minutos do primeiro tempo (Flamengo); Barco, aos 40 minutos do primeiro tempo (Independiente)
Cartões amarelos: Everton, Vinicius Júnior, Juan (Flamengo); Albertengo, Meza, Campaña (Independiente)
Cartão vermelho: Cuéllar (Flamengo)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de dezembro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)

Árbitro
: Wilmar Roldán (Colômbia)

Assistentes: Alexander Guzman (Colômbia) e Cristian de la Cruz (Colômbia)

Super Esportes

Foto: Carl de Souza / AFP

Algum comentário?