PSL foi um dos vitoriosos da eleição, diz presidente regional

Com mais de quatro mil filiados só neste ano, em Mato Grosso do Sul, o PSL foi um dos vitoriosos da última eleição. A avaliação é do primeiro suplente da senadora eleita Soraya Thronicke, o presidente regional do partido, Rodolfo Nogueira.

“Neste ano foram mais de quatro mil filiações e existem mais que ainda não foram computadas. Além disso, há ainda, muitas pessoas querendo ingressar no partido”, afirmou.

Partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, o PSL conquistou várias cadeiras nos Legislativos federal e estadual. Dos oito candidatos a deputado estadual, dois foram eleitos: Capitão Contar e Coronel David. Eles foram, inclusive, os mais votados entre todos os 24 vitoriosos na eleição. Contar recebeu 78,3 mil votos e David ficou com 45,9 mil.

Para a Câmara dos Deputados, o PSL elegeu dois, dos cinco candidatos. São eles: Tio Trutis (56,3 mil votos) e Dr. Luiz Ovando (50,7 mil). Ambos representarão o estado juntamente com outros seis deputados federais. No Senado, a única candidata, Soraya Thronicke foi eleita com 373,7 mil votos.

Depois de tantos resultados positivos, justamente pelo “efeito Bolsonaro”, o PSL começará a construir projeto eleitoral para 2020. A ideia é continuar a “renovação” no meio político. “Depois do recesso vamos pensar nisso”, afirmou Rodolfo.

Por TAVANE FERRARESI

 Foto: Valdenir Rezende

Correio do Estado

Algum comentário?