Quem apoia um regime que rouba, expulsa e mata seu próprio povo?

No dia de ontem (30) a Venezuela passou por momentos críticos e com acontecimentos que poderiam ficar gravados em sua história. Foi solto um dos principais líderes oposicionistas, Leopoldo López, que estava preso de 2017, Juan Guaidó, Presidente auto-proclamado, conduziu manifestações pela capital venezuelana, Maduro fez acordo para fugir e se abrigar em Cuba e os Russos, sempre os Russos, convenceram Maduro a ficar e manter o cenário de caos que engole a Venezuela.

Também no dia de ontem, mesmo diante dos constantes relatos feitos por jornalistas do mundo inteiro e pelo povo que luta nas ruas, morre em hospitais e de fome e de quem consegue fugir e se asilar em outros países, o PT, Partido dos Trabalhadores, emitiu uma nota de apoio ao governo genocida de Nicolás Maduro, que na nota é tratado como vítima de tentativa de golpe.

Veja abaixo alguns fatores que estão levando o povo venezuelano ao levante popular, que é chamado de “Golpe” pelo PT e apoiado por “CUBA, RUSSIA, CHINA, MÉXICO, BOLÍVIA E TURQUIA”:

  • A fome já levou os venezuelanos a perderem 11 quilos, em média, no ano passado.
  • Corpos putrefatos explodem nos necrotérios por falta de energia elétrica.
  • O país já vem a pelo menos 12 trimestres, ou três cerca de três anos, amargando uma retração econômica que gera a maior resseção de sua história, com uma inflação que já ultrapassou 1.000.000% em 2018. Oque significa dizer que o volume de cédulas de dinheiro para comprar qualquer produto, por mais barato que seja, é enorme. Como exemplo são imagens que mostram pessoas com carriolas cheias de notas se dirigindo a pontos de comércio.
  • Entre 2013 e 2017, conforme demonstram dados do FMI – Fundo Monetário Internacional, a Venezuela teve uma queda em seu PIB de 37%, sendo que no ano passado amargou mais uma queda de cerca de 15%. PIB-Produto Interno Bruto é a soma de tudo que um país produz em bens e serviços durante um determinado período, nesse caso por ano.
  • O Governo Maduro, a exemplo do que fez Hugo Chávez, centraliza e controla tudo o que é produzido no país, deixou de lado o desenvolvimento agrícola e industrial, focando no petróleo, responsável por 96% de suas exportações. A Venezuela é quase um Emirado nas Américas e tem a maior reserva de Petróleo do planeta, com cerca de 300,9 bilhões de barris.

Mas a mais dura pena imposta ao povo venezuelano é ter que abandonar seu país para não ser preso, assassinado, para não morrer de fome, por falta de medicamentos ou atendimento médico. Segundo os milhares que conseguem cruzar as fronteiras, fugindo da morte, essa é a maior tristeza, deixar sua terra natal pela ganância de pessoas que se escondem atrás de falsos ideais e pregam o nacionalismo e o patriotismo, mas que na realidade só estão se servindo do país e de suas riquezas, formando grupos que se locupletam e enriquecem as custas do trabalho e do sofrimento do povo. Assim é em Cuba, na Coreia do Norte, na China. Foi assim na URSS e em todos os países comunistas que estiveram por décadas atrás da cortina de ferro.

 

Por TONI REIS

Imagem Carlos Garcia Rawlins/Reuters/direitos reservados

 

Algum comentário?