STF põe a Nação de joelhos diante do crime

Numa mudança de entendimento, firmada ontem (07), seis (6) Juízes do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL – STF, votaram para revogar as prisões em segunda instância. Decidiram que os crimes só deverão ser pagos com CADEIA após o transito em julgado, ou seja, após esgotarem-se todas as instâncias e recursos.

Com isso criminosos, principalmente políticos conhecidos como “colarinhos brancos”, voltarão as ruas, como sempre havia sido até 2016. Com escritórios caríssimos de advocacia, contratados a “peso de ouro”, retornarão as infindáveis interposições de recursos e manobras jurídicas para se manterem soltos e impunes, enquanto a Nação amarga os prejuízos causados por “roubo” de recursos que deveriam ser aplicados para o bem estar do povo, principalmente o mais carente.

Muitos comemoram essa decisão, sem levar em consideração as mortes por falta de atendimento médico e estrutura na saúde, os jovens que cada vez mais cedo estão sendo empurrados em direção a criminalidade e as famílias que tem suas vidas ceifadas em estradas sem condições, tudo isso fruto de “ROUBOS’ praticados pelos “CORRUPTOS” que o STF irá colocar de volta nas ruas.

Não espero consciência de quem comemora a soltura desses elementos, mas espero, pelo menos, o respeito com suas vítimas.

TONI REIS

 

 

Algum comentário?